Compras online

O que preciso de saber sobre compras online?

Fazer compras online para comprar presentes, alimentos, férias e muito mais, tem muitas vantagens. É cómodo (pode fazê-lo a partir do conforto de sua casa a qualquer altura, evitando filas!), oferece-lhe uma maior escolha de produtos e serviços e, ao comparar preços entre diferentes lojas, pode ajudá-lo a poupar dinheiro.

Estas vantagens também são atractivas para os jovens compradores. Talvez o seu filho ou filha adolescente queira comprar bilhetes para um concerto, poupar dinheiro em livros ou CDs, ou comprar o último par de sapatilhas antes dos seus amigos. Com várias opções de pagamento na Internet por onde escolher (por exemplo, cartões de débito, top-up e cartões pré-pagos), a Internet é um dos primeiros locais para onde se dirigem. Mesmo que não tenham meios para pagar pelas coisas online, podem pedir-lhe o cartão de crédito emprestado.

Por isso, é importante que compreendam algumas das coisas que podem correr mal. Podem ser enganados para comprar algo num website falso, podem não se aperceber dos custos adicionais envolvidos (por exemplo, entrega) ou podem, acidentalmente, facultar informação pessoal a um burlão, por exemplo.

  • Configure Controlos Parentais e Safe Search (Pesquisa Segura) no computador do seu filho com base na sua idade e maturidade – porém, lembre-se que podem não ser 100 % seguros e não substituem a supervisão dos pais
  • Certifique-se de que o seu computador tem um software anti-vírus actualizado e um firewall instalado – para ajudar a proteger a sua família quando fazem compras online
  • Recomende vendedores a retalho nos quais confia ou que tenham sido sugeridos por amigos ou familiares
  • Incentive os seus filhos a comparar preços para que possam conseguir os melhores negócios e verificar as políticas de devoluções e privacidade do website antes de comprar alguma coisa
  • Certifique-se de que toda a família configura palavras-passe seguras (uma combinação de caracteres, números e símbolos) nos websites onde fazem compras
  • Assegure-se de que os seus filhos compreendem o aspecto de um website seguro – devem procurar o símbolo do cadeado no canto superior direito da janela do browser e pelo endereço do website que comece por https (o “s” significa seguro)
  • Se o seu filho ou filha pedir o seu cartão de crédito emprestado para comprar algo online, é melhor ser você próprio a efectuar a compra ao invés de lhes dar os detalhes do seu cartão
  • Converse com os seus filhos sobre os potenciais riscos de fazer compras na Internet, tais como roubo de identidade, questões de segurança e custos agravados
  • Incentive-os a imprimir uma cópia de quaisquer pedidos online e a verificar os extractos bancários depois de terem comprado algo na Internet… e faça-o você também

Onde me posso dirigir para obter mais informação e apoio?

Que idade têm os seus filhos?

O que precisa para começar

  • 5-7 anos

    A tecnologia faz parte da vida dos seus filhos antes de iniciarem o ensino primário. Provavelmente utilizam o computador, a internet e a televisão interactiva por divertimento, para ver programas no canal de televisão e no website CBeebies ou para a participar nas salas de conversação do "Club Penguin"... no entanto, necessitam ainda da orientação e supervisão de adultos.

  • 8-11 anos

    Se tiver filhos com 8 a 11 anos de idade, a sua casa está provavelmente repleta de tecnologia: a PlayStation, a Nintendo, o iPod… a lista continua. De facto, estudos mostram que crianças entre os 8 e os 11 anos de idade no Reino Unido têm em média quatro equipamentos no seu quarto.

    Esta idade é decisiva para os jovens adoptarem novas tecnologias e desenvolver as suas capacidades na área das tecnologias da informação, tanto em casa como na escola… e é também uma altura decisiva para você assumir o controlo quando eles começam a explorar o mundo digital, bem como o mundo real.

  • 12-14 anos

    Frequentam o ensino básico e estão a crescer rapidamente. É uma altura de mudança e o seu mundo digital pode parecer-lhes tão importante como o mundo real. Podem passar a noite no Bebo, no Facebook ou no MySpace, a ver vídeos no YouTube e a carregar os seus próprios vídeos para outros os verem; ou a pesquisar para os trabalhos de casa.

    Com certeza pretende estimular as suas capacidades em termos de tecnologia e socialização, portanto é útil perceber o que eles fazem com a tecnologia e envolver-se também com ela.

  • +15 anos

    Na adolescência, os seus filhos tendem a pensar que percebem muito de tecnologia e que são capazes de lidar com tudo aquilo com que se deparam no mundo digital. Provavelmente assiste com espanto à forma como intercalam a conversa com os amigos no Facebook , como actualizam o perfil no Twitter, como jogam com alguém do outro lado do mundo na consola ou como transferem músicas para o telemóvel.

    Tudo representa divertimento. Porém, à medida que ficam mais velhos, aquilo de que você necessita para lidar com o mundo digital dos seus filhos torna-se ainda mais desafiante. Em vez de os deixar, precisa, de facto, de continuar a comunicar com eles.

Teste os seus conhecimentos

O utilizador médio do Facebook tem 130 amigos no seu perfil

Faça o nosso teste para ficar a saber em que medida compreende as novas tecnologias. É rápido e fácil e irá ajudá-lo a decidir quais as partes do website que irá visitar.