Spam e esquemas

O que é spam e esquemas?

Todos utilizadores de e-mail e telemóvel irão, em algum momento, encontrar mensagens não solicitadas, lixo ou spam. Estas mensagens são normalmente enviadas por alguém que não conhece como uma parte de correio em massa ou SMS. O seu endereço de e-mail ou número de telemóvel é, por vezes, gerado aleatoriamente ou identificado na Internet.

O que preciso de saber sobre eles?

As mensagens spam enviadas por e-mail podem envolver anúncios comerciais para medicamentos, aconselhamento financeiro, pornografia e produtos para aumento de sexo. Em alguns casos, podem afirmar ser provenientes de uma organização genuína, como o seu banco, e ser enviados com o objectivo de se apoderarem de informação sensível como a sua palavra-passe ou detalhes do cartão de crédito (este assunto é referido como phishing).

Sabia que?

Estima-se que os britânicos recebam cerca de 420 000 e-mails de Spam por hora.

Um dos mais prolíficos esquemas por e-mail denomina-se “carta nigeriana”. Tal verifica-e quando um indivíduo desconhecido lhe envia um e-mail afirmando que possui uma avultada soma de dinheiro num país longínquo e que necessita do seu número e detalhes da conta bancária para auxiliar na transferência internacional. Promete-lhe uma parte do dinheiro como recompensa pelo seu trabalho, mas na realidade o burlão procura obter um ou mais pagamentos “adiantados” antes de transferir o dinheiro.

Spam e esquemas não só são irritantes como podem resultar em perdas financeiras, roubo de identidade e vírus – inevitavelmente, as crianças e jovens podem ser vítimas.

Tendo em conta esta realidade, as indústrias da Internet e de telemóveis tomaram medidas.

Os fornecedores de e-mail como a AOL e o Yahoo! utilizam filtros para analisar os e-mails que entram nas suas redes para determinadas palavras-chaves ou expressões e para grandes quantidades do mesmo e-mail. Em muitos casos, o fornecedor irá encaminhar os e-mails spam para a sua pasta de lixo pessoal, ou para a dos seus filhos. O utilizador pode também identificar spam de forma manual (se escapar ao filtro) e todos os relatórios de spam que enviar ajudam o fornecedor de e-mail a melhorar os filtros de spam.

Se você ou os seus filhos encontrarem uma mensagem spam ou um esquema na sua caixa de entrada, é recomendável que não a abra, pois pode conter conteúdos ofensivos ou vírus. Apenas reporte o facto ao seu fornecedor de e-mail e apague-a. Caso o seu fornecedor de e-mail não disponibilize filtros de spam integrados, pode ser você a instalá-los.

Em geral, as SMS (mensagens de texto) não são tão susceptíveis de conter mensagens spam – as mensagens SMS típicas contêm pouco mais de 160 caracteres, o que limita a sua má utilização – porém, mesmo assim acontece. À semelhança da indústria de e-mail, os fornecedores de telemóveis como a Vodafone disponibilizam filtros para ajudar a bloquear as SMS spam antes de estas chegarem ao seu telemóvel. Contudo, os utilizadores de telemóvel – principalmente crianças e adolescentes – precisam de estar conscientes de dois potenciais esquemas:

  • Esquemas de tarifas majoradas – as SMS podem ser utilizadas para lhe enviar a si ou aos seus filhos uma mensagem a convidá-lo para efectuar uma chamada ou enviar uma mensagem de texto de volta para um serviço com tarifas majoradas. Uma mensagem típica pode dizer “Parabéns! Ganhou um prémio. Ligue para o XYZ XYZ para receber mais detalhes”. O número para o qual deve responder (XYZ XYZ) é um número com tarifa majorada, a qual é cobrada a um custo superior à taxa de chamada normal. Este tipo de esquema é concebido para retirar dinheiro do seu saldo pré-pago ou da sua conta de telemóvel, ou dos seus filhos. A sua família pode evitar estes esquemas não respondendo a códigos nacionais com tarifas majoradas.
  • Abuso de subscrição de SMS – quando um fornecedor de serviços de informação lhe dá a si ou aos seus filhos a impressão de que estão a cobrar por um único pagamento no seu telemóvel, quando na verdade se trata de uma subscrição que está a decorrer. O seu filho pode ter lido sobre um serviço de transferência de toques numa revista, por exemplo, mas pode não ter ficado claro que se tratava de uma subscrição regular. Se você ou algum familiar for vítima de um abuso de subscrição de SMS, pode denunciá-lo à sua operadora móvel e ao regulador da indústria (ver abaixo).
  • Quando escolher o fornecedor de e-mail ou telemóvel da sua família, procure saber como lidam com spam e esquemas – disponibilizam filtros integrados e irão ajudá-lo a denunciar esquemas às autoridades relevantes, por exemplo?
  • Incentive os seus filhos a denunciar quaisquer e-mail spam ou mensagens SMS que escapem aos filtros – todos as denúncias de spam ajudam o seu fornecedor de e-mail ou operadora móvel a melhorar os seus filtros de spam. Deverá ser capaz de encontrar detalhes relativamente à forma como deve efectuar a denúncia na secção de “Ajuda” ou “Segurança” no website do seu fornecedor
  • Se algum familiar seu receber um e-mail com um esquema, pode também encaminhá-lo para o Office of Fair Trading em scams@oft.gsi.gov.uk
  • Incentive os seus filhos a verificar e apagar a pasta do lixo pois algumas das suas mensagens pessoais podem ir lá parar por engano
  • Se o fornecedor de e-mail dos seus familiares não fornecer filtros de spam, pode ser você a instalá-los
  • Dê ao seu filho algumas dicas sobre como reconhecer email spam – conhecem o remetente? O título do assunto faz sentido? O e-mail ou a mensagem de texto estão a oferecer algo para venda? Está escrita de uma forma estranha?
  • Diga-lhes para não abrir nem responder a e-mails não solicitados (até mesmo para solicitar a remoção da lista de correio pois tal confirma que o endereço de e-mail é real). Se abrirem um e-mail spam por engano, não devem clicar em hiperligações ou transferir anexos
  • Incentive o seu filho ou filha a nunca facultar informação pessoal como endereços de e-mail, números de telemóvel ou detalhes bancários a pessoas que não conhecem
  • Se os seus filhos se quiserem registar num website público, configure um endereço de e-mail diferente daquele que utiliza habitualmente, para o caso dos remetentes de spam se apoderarem dele
  • Explique às crianças mais novas que os estranhos apenas se oferecem para partilhar grandes somas de dinheiro nos contos de fadas e que apenas podem ganhar um concurso se, antes de tudo, tiverem participado nele – de igual modo, as crianças mais velhas precisam de saber que caso algo pareça bom de mais para ser verdade, é porque provavelmente é
  • Debata a diferença entre a taxa de uma chamada normal e um serviço com tarifas majoradas – pode encontrar muita informação útil sobre serviços com tarifas majoradas no nosso artigo sobre custos de telemóveis
  • Se o seu filho comprar um toque ou outro serviço utilizando o telemóvel e descobrir que foram inscritos numa subscrição sem o seu consentimento, responda SAIR para terminar a subscrição do serviço e denuncie o facto à sua operadora móvel e ao regulador da indústria PhonepayPlus

Onde me posso dirigir para obter mais informação e apoio?

  • Analise o website Consumer Direct do governo para obter informação geral sobre esquemas
  • Faça os questionários sobre “phishing” e “scambuster” (detecção de esquemas) no website Consumer Direct
  • GetSafeOnline contém muitas dicas úteis para lidar com e-mails indesejados
  • Este guia realizado pelo Information Commissioner’s Office explica como pode prevenir, reduzir e denunciar e-mails spam
  • Aconselhe-se e fale com outros pais no Mumsnet
  • Parentline’s free 24/7 helpline oferece orientação relativamente a uma variedade de assuntos parentais
  • Visite o website Phonebrain com o seu filho para lhe ensinar o que são serviços com tarifas majoradas
  • A PhonepayPlus regula os serviços com tarifas majoradas no Reino Unido

Que idade têm os seus filhos?

O que precisa para começar

  • 5-7 anos

    A tecnologia faz parte da vida dos seus filhos antes de iniciarem o ensino primário. Provavelmente utilizam o computador, a internet e a televisão interactiva por divertimento, para ver programas no canal de televisão e no website CBeebies ou para a participar nas salas de conversação do "Club Penguin"... no entanto, necessitam ainda da orientação e supervisão de adultos.

  • 8-11 anos

    Se tiver filhos com 8 a 11 anos de idade, a sua casa está provavelmente repleta de tecnologia: a PlayStation, a Nintendo, o iPod… a lista continua. De facto, estudos mostram que crianças entre os 8 e os 11 anos de idade no Reino Unido têm em média quatro equipamentos no seu quarto.

    Esta idade é decisiva para os jovens adoptarem novas tecnologias e desenvolver as suas capacidades na área das tecnologias da informação, tanto em casa como na escola… e é também uma altura decisiva para você assumir o controlo quando eles começam a explorar o mundo digital, bem como o mundo real.

  • 12-14 anos

    Frequentam o ensino básico e estão a crescer rapidamente. É uma altura de mudança e o seu mundo digital pode parecer-lhes tão importante como o mundo real. Podem passar a noite no Bebo, no Facebook ou no MySpace, a ver vídeos no YouTube e a carregar os seus próprios vídeos para outros os verem; ou a pesquisar para os trabalhos de casa.

    Com certeza pretende estimular as suas capacidades em termos de tecnologia e socialização, portanto é útil perceber o que eles fazem com a tecnologia e envolver-se também com ela.

  • +15 anos

    Na adolescência, os seus filhos tendem a pensar que percebem muito de tecnologia e que são capazes de lidar com tudo aquilo com que se deparam no mundo digital. Provavelmente assiste com espanto à forma como intercalam a conversa com os amigos no Facebook , como actualizam o perfil no Twitter, como jogam com alguém do outro lado do mundo na consola ou como transferem músicas para o telemóvel.

    Tudo representa divertimento. Porém, à medida que ficam mais velhos, aquilo de que você necessita para lidar com o mundo digital dos seus filhos torna-se ainda mais desafiante. Em vez de os deixar, precisa, de facto, de continuar a comunicar com eles.

Teste os seus conhecimentos

O utilizador médio do Facebook tem 130 amigos no seu perfil

Faça o nosso teste para ficar a saber em que medida compreende as novas tecnologias. É rápido e fácil e irá ajudá-lo a decidir quais as partes do website que irá visitar.