Você está aqui: Início / Sobre este guia / Boas-vindas da Vodafone

Boas-vindas da Vodafone

Annie Mullins OBE,
Director Geral de Standarts e Conteudos, Vodafone

Caro Pai,

Muito obrigado por visitar o Guia Parental da Vodafone.

Falamos com muitos pais, por isso compreendemos que, por vezes, fique perplexo com o mundo digital dos seus filhos. Os jovens parecem acompanhar as novas tecnologias sem qualquer esforço – integrando-as nas suas vidas quando você pensava que os estava a conseguir acompanhar.

Como não crescemos com a Internet, telemóveis e outros serviços, não temos pontos de referência da nossa infância. Porém, queremos mesmo assim incentivar os nossos filhos a desfrutar dos benefícios das novas tecnologias para a sua instrução, tempos livres e futuras carreiras profissionais e desenvolver as competências para as utilizar de forma segura e responsável. Para além disso, precisamos de ajudá-los a tornarem-se mais fortes quando lidam com riscos online.

Foi por essa razão que criámos este guia – como um local central onde se pode dirigir para se manter a par da mais recente tecnologia, envolver-se com o que os seus filhos fazem online e ajudá-los a manter o controlo quando se trata de alguns desafios que podem enfrentar.

Este guia é uma parte do nosso compromisso para o ajudar a proteger-se a si e à sua família no mundo digital e baseia-se em coisas que já estamos a colocar em prática na Vodafone, como:

  1. Obedecemos ao Quadro Europeu para uma Utilização mais Segura do Telemóvel pelos Jovens e Crianças e ao UK Code of Practice for the Self-Regulation of New Forms of Content on Mobiles e ajudámos a criar o website Teachtoday que contém conselhos sobre tecnologia para professores e outros membros da comunidade escolar
  2. Se o seu filho tiver um telemóvel Vodafone, este está já configurado por predefinição para restringir o acesso a conteúdo que classificámos como adequado a maiores de 18 anos como jogos a dinheiro ou conteúdos eróticos. Está também disponivel o Vodafone Guardian, uma App para Smartphones, exclusiva para clientes Vodafone, que permite configurar o telefone do seu filho para supervisionar o seu conteúdo, acompanhar as comunicações efectuadas ou evitar contactos indesejáveis
  3. Aderimos ao the Mobile Industry Crime Action Forum (MICAF) Charter e estamos a trabalhar com o governo e a polícia do Reino Unido para resolver o roubo de telemóveis
  4. Todas as nossas estações base estão concebidas de modo a cumprir com as directrizes do CIPRNI em aéreas onde o público em geral é exposto e apenas comercializamos telemóveis que cumpram com as directrizes do CIPRNI para as taxas de absorção específicas. Também financiamos a pesquisa da Organização Mundial de Saúde relativamente ao impacto dos telemóveis na saúde e estamos a ajudar o Mobile Telecommunications and Health Research Programme
  5. Somos membros do UK Council for Child Internet Safety, o qual lançou a primeira Estratégia de Segurança na Internet para Crianças no Reino Unido em Dezembro de 2009, e presidimos também ao grupo responsável pelo desenvolvimento do UK Government’s Good Practice Guidance for Social Networking and User Interactive Services
  6. Trabalhamos com a Internet Watch Foundation para denunciar conteúdos ilegais, tais como imagens de abusos a crianças e com o the Child Exploitation and Online Protection (CEOP) Centre para auxiliar nos aspectos técnicos da utilização do telemóvel na prevenção e detecção da exploração de crianças
  7. Apoiamos a iniciativa International Telecommunications Union’s Child Online Protection
  8. Somos um membro fundador da Mobile Alliance Against Child Sexual Abuse Content para prevenir que os utilizadores acedam a websites identificados como contendo conteúdos de abusos a crianças
  9. A nossa equipa anti-spam tentar identificar os remetentes de mensagens de texto não solicitadas e toma as medidas adequadas—estas podem envolver a denúncia do utilizador ou o envio de queixas para o Office of the Information Commissioner, PhonepayPlus ou Ofcom
  10. Ajudamos o regulador dos serviços com tarifas majoradas ICSTIS (agora denominado PhonepayPlus) a desenvolver uma indústria de códigos de práticas e respondemos com rapidez às queixas relativas a serviços com tarifas majoradas e desconectamos os seus serviços se necessário
  11. Cumprimos as regulamentações da Advertising Standards Authority e da Data Protection Act no que diz respeito à publicidade online e no telemóvel
  12. Apoiamos iniciativas de consciencialização, como o Safer Internet Day

Se pretender mais informação acerca dos pontos acima referidos, viste o website principal da Vodafone.

Entretanto, esperamos que o nosso Guia Parental o ajude a manter-se a par, envolver-se e a controlar o mundo digital do seu filho.

Com os melhores cumprimentos,

Annie Mullins OBE
Director Geral de Standarts e Conteúdos, Vodafone

Que idade têm os seus filhos?

O que precisa para começar

  • 5-7 anos

    A tecnologia faz parte da vida dos seus filhos antes de iniciarem o ensino primário. Provavelmente utilizam o computador, a internet e a televisão interactiva por divertimento, para ver programas no canal de televisão e no website CBeebies ou para a participar nas salas de conversação do "Club Penguin"... no entanto, necessitam ainda da orientação e supervisão de adultos.

  • 8-11 anos

    Se tiver filhos com 8 a 11 anos de idade, a sua casa está provavelmente repleta de tecnologia: a PlayStation, a Nintendo, o iPod… a lista continua. De facto, estudos mostram que crianças entre os 8 e os 11 anos de idade no Reino Unido têm em média quatro equipamentos no seu quarto.

    Esta idade é decisiva para os jovens adoptarem novas tecnologias e desenvolver as suas capacidades na área das tecnologias da informação, tanto em casa como na escola… e é também uma altura decisiva para você assumir o controlo quando eles começam a explorar o mundo digital, bem como o mundo real.

  • 12-14 anos

    Frequentam o ensino básico e estão a crescer rapidamente. É uma altura de mudança e o seu mundo digital pode parecer-lhes tão importante como o mundo real. Podem passar a noite no Bebo, no Facebook ou no MySpace, a ver vídeos no YouTube e a carregar os seus próprios vídeos para outros os verem; ou a pesquisar para os trabalhos de casa.

    Com certeza pretende estimular as suas capacidades em termos de tecnologia e socialização, portanto é útil perceber o que eles fazem com a tecnologia e envolver-se também com ela.

  • +15 anos

    Na adolescência, os seus filhos tendem a pensar que percebem muito de tecnologia e que são capazes de lidar com tudo aquilo com que se deparam no mundo digital. Provavelmente assiste com espanto à forma como intercalam a conversa com os amigos no Facebook , como actualizam o perfil no Twitter, como jogam com alguém do outro lado do mundo na consola ou como transferem músicas para o telemóvel.

    Tudo representa divertimento. Porém, à medida que ficam mais velhos, aquilo de que você necessita para lidar com o mundo digital dos seus filhos torna-se ainda mais desafiante. Em vez de os deixar, precisa, de facto, de continuar a comunicar com eles.

Teste os seus conhecimentos

O utilizador médio do Facebook tem 130 amigos no seu perfil

Faça o nosso teste para ficar a saber em que medida compreende as novas tecnologias. É rápido e fácil e irá ajudá-lo a decidir quais as partes do website que irá visitar.