Pesquisa na web

O que preciso de saber sobre pesquisa?

Motores de busca como o Google são ferramentas fundamentais para os jovens – são normalmente a primeira paragem quando querem procurar algo para a escola ou o que passou nos noticiários, por exemplo. Simplesmente escrevem uma palavra-chave e, no ecrã, aparece uma longa lista de websites relevantes para servir de apoio aos trabalhos de casa, passatempos ou amizades.

É muito mais simples do que folhear livros e jornais e a pesquisa pode ser efectuada a partir de telemóveis, consolas de jogos e outros equipamentos móveis, assim como do computador familiar. Podem até procurar imagens, vídeos ou conteúdos áudio.

Segundo a empresa de segurança Norton, os principais cinco termos que os jovens procuraram online em 2009 foram: 1) YouTube, 2) Google, 3) Facebook, 4) Sexo e 5) Pornografia. Outras palavras-chave populares incluem eBay, Wikipedia, Club Penguin, Miley Cyrus, Jogos, Lady Gaga, Lua Nova e Google Earth. Pode encontrar a lista completa das principais pesquisas efectuadas pelos jovens, incluindo tendências segundo a faixa etária e o género, no website Online.Family Norton website

Veja este vídeo sobre o Google SafeSearch:

Enquanto que a Internet oferece uma vasta biblioteca online e todas as vantagens que isso representa, pode preocupar-se com o facto de o seu filho ou filha poder ser exposto a material online inadequado ou ilegal, mesmo que efectuem a sua pesquisa utilizando uma palavra-chave ou assunto aparentemente inofensivo.

A maioria dos principais motores de busca reconheceu este risco potencial e oferecem opções de pesquisa personalizadas que pode configurar para os utilizadores de Internet mais jovens. O Google SafeSearch faz o rastreio de websites que contenham um conteúdo sexual explícito e elimina-os dos resultados de pesquisa e permite-lhe “bloquear” os filtros de pesquisa no computador familiar. Pode também optar por utilizar motores de busca que tenham sido especificamente concebidos para utilizadores de Internet mais jovens como o Yahooligans.

Não existe um filtro de Internet 100 % rigoroso, mas configurar o Safe Search (Pesquisa Segura) ou utilizar um motor de busca especializado no computador familiar deve ajudar a eliminar a maioria do conteúdo inadequado e prejudicial.

Simultaneamente, o seu filho poderá criar e publicar os seus próprios conteúdos – em websites de redes sociais e “partilha de vídeos”:/vídeo, por exemplo – por isso é necessário que estejam conscientes de que estes conteúdos estarão disponíveis para que outros utilizadores de Internet os encontrem online através de um motor de busca, excepto se configurarem o seu perfil como “privado”.

O que posso fazer?

  • Experimente no computador familiar escrevendo alguns termos que o seu filho poderá pesquisar relacionados com o trabalho da escola, passatempos e socialização. Que websites surgem? Existe algo que não queira que eles vejam?
  • Tire o maior partido dos Controlos Parentais para ajudarem a proteger os seus filhos quando estão online – porém, lembre-se que podem não ser 100 % seguros e não substituem a supervisão dos pais
  • Configure o Safe Search (Pesquisa Segura) em qualquer computador que o seu filho possa utilizar, tendo em conta a sua idade e maturidade – deverá encontrar esta função na área referente a “Preferências”, “Ajuda” ou “Definições” do motor de busca. Por exemplo, o Google SafeSearch dispõe de três definições:
    • Filtragem moderada – esta função consiste em filtrar a maioria das imagens explícitas da Pesquisa de Imagens do Google, mas não se aplica a resultados de pesquisa da Web comuns. Esta é a predefinição no Google, por isso se quiser filtros mais potentes terá de alterar esta definição
    • Filtragem restrita – aplica SafeSearch a todos os resultados da pesquisa (ou seja, pesquisa de imagens e pesquisas comuns na Web)
    • Sem filtragem – desliga totalmente o SafeSearch
      Pode encontrar mais informação sobre o Google SafeSearch aqui
  • Explique aos seus filhos que alguns resultados de pesquisa são listas patrocinadas, o que significa que uma empresa pagou para que ser colocada nos primeiros lugares e não consiste necessariamente no resultado de pesquisa mais credível ou relevante
  • Leia os nossos artigos sobre conteúdo ilegal, “conteúdo inadequado e prejudicial”/inappropriate e conteúdo enganador
  • Analise os nossos artigos sobre redes sociais e privacidade e fale depois com os seus filhos acerca da razão pela qual devem configurar os seus perfis online como “privados”
  • Se, depois de ter configurado um filtro de Safe Search (Pesquisa Segura), ainda se deparar com conteúdos inadequados ou potencialmente ilegais, denuncie o facto ao fornecedor da pesquisa para que possa tomar medidas – procure pelos botões “Ajuda” ou “Reportar” no website do fornecedor.
  • Se, apesar de todos os esforços em configurar a Safe Search (Pesquisa Segura), você ou os seus filhos encontrarem provas de material online potencialmente ilegal, reporte o assunto à linha gratuita da Internet relevante no seu país – no Reino Unido é a Internet Watch Foundation

Onde me posso dirigir para obter mais informação e apoio?

  • Leia a orientação de pesquisa no site Common Sense Media
  • O Google faculta conselhos de segurança para toda a família
  • Leia o Home Office guidance on safer search, que inclui uma lista para os pais
  • Reporte qualquer conteúdo potencialmente ilegal à linha gratuita de Internet relevante no seu país – a IWF no Reino Unido

Perguntas frequentes relacionadas com este artigo

Saiba mais sobre Controlos Parentais

Que idade têm os seus filhos?

O que precisa para começar

  • 5-7 anos

    A tecnologia faz parte da vida dos seus filhos antes de iniciarem o ensino primário. Provavelmente utilizam o computador, a internet e a televisão interactiva por divertimento, para ver programas no canal de televisão e no website CBeebies ou para a participar nas salas de conversação do "Club Penguin"... no entanto, necessitam ainda da orientação e supervisão de adultos.

  • 8-11 anos

    Se tiver filhos com 8 a 11 anos de idade, a sua casa está provavelmente repleta de tecnologia: a PlayStation, a Nintendo, o iPod… a lista continua. De facto, estudos mostram que crianças entre os 8 e os 11 anos de idade no Reino Unido têm em média quatro equipamentos no seu quarto.

    Esta idade é decisiva para os jovens adoptarem novas tecnologias e desenvolver as suas capacidades na área das tecnologias da informação, tanto em casa como na escola… e é também uma altura decisiva para você assumir o controlo quando eles começam a explorar o mundo digital, bem como o mundo real.

  • 12-14 anos

    Frequentam o ensino básico e estão a crescer rapidamente. É uma altura de mudança e o seu mundo digital pode parecer-lhes tão importante como o mundo real. Podem passar a noite no Bebo, no Facebook ou no MySpace, a ver vídeos no YouTube e a carregar os seus próprios vídeos para outros os verem; ou a pesquisar para os trabalhos de casa.

    Com certeza pretende estimular as suas capacidades em termos de tecnologia e socialização, portanto é útil perceber o que eles fazem com a tecnologia e envolver-se também com ela.

  • +15 anos

    Na adolescência, os seus filhos tendem a pensar que percebem muito de tecnologia e que são capazes de lidar com tudo aquilo com que se deparam no mundo digital. Provavelmente assiste com espanto à forma como intercalam a conversa com os amigos no Facebook , como actualizam o perfil no Twitter, como jogam com alguém do outro lado do mundo na consola ou como transferem músicas para o telemóvel.

    Tudo representa divertimento. Porém, à medida que ficam mais velhos, aquilo de que você necessita para lidar com o mundo digital dos seus filhos torna-se ainda mais desafiante. Em vez de os deixar, precisa, de facto, de continuar a comunicar com eles.

Teste os seus conhecimentos

O utilizador médio do Facebook tem 130 amigos no seu perfil

Faça o nosso teste para ficar a saber em que medida compreende as novas tecnologias. É rápido e fácil e irá ajudá-lo a decidir quais as partes do website que irá visitar.