TV interactiva

O que é a TV interactiva?

A TV interactiva permite-lhe interagir com conteúdos televisivos durante o seu visionamento – por exemplo, pode votar numa competição, participar num concurso, fazer comentários num programa, retroceder ou avançar num programa.

Está disponível com serviços de TV digital, tais como a televisão digital terrestre, por satélite ou por cabo, e também pode ser acedida através dos computadores (com uma ligação de banda larga) e telemóveis. O BBC Red Button e o Sky+ são dois exemplos de serviços de televisão interactiva do Reino Unido.

As fronteiras entre os vários média são cada vez mais indistintas, e sítios de redes sociais como o MySpace e operadores de redes móveis como a Vodafone também distribuem conteúdos televisivos.

O que preciso de saber sobre este assunto?

O impacto da TV nas crianças e adolescentes sempre foi alvo de muita discussão. Quanto tempo de visionamento de TV é excessivo? Que tipos de programas é que são apropriados ou inapropriados? Quem é que controla o comando?!

Sabia que?

Os pais de jovens entre 5 e 15 anos com serviços de TV digital em casa estão cada vez mais a implementar controlos, através da definição de um PIN ou de uma palavra-chave nas televisões, para gerir o que os filhos vêem. Um em cada três agregados familiares com TV multi-canal utiliza controlos de acesso, segundo a Ofcom

A TV interactiva proporciona à sua família maior controlo sobre os programas que são vistos e um maior envolvimento nos mesmos, mas também deve ter em consideração algumas das seguintes questões:

  • Dado o elevado número de canais de TV digital, os seus filhos poderão acabar por ser expostos a programas que não são adequados à sua idade ou maturidade – poderão ter acesso a conteúdos violentos, eróticos ou a jogos de apostas, por exemplo
  • Os seus filhos podem estar expostos a mais mensagens publicitárias via TV interactiva e, no caso das crianças mais jovens, em particular, podem ter dificuldade em distinguir entre conteúdo editorial e publicidade
  • Cada vez que utiliza o seu comando, está a dar informação ao emissor que lhe permite construir um perfil detalhado sobre os seus hábitos de visionamento e os da sua família, que posteriormente poderá ser transmitido a agências publicitárias
  • Se os seus filhos têm um telefone 3G onde possam ver TV, isso pode implicar custos adicionais – taxas de acesso mensal, custos da transmissão de dados, custos da participação em jogos interactivos de perguntas e respostas, ou taxas para descarregar toques dos temas dos seus programas de TV favoritos, por exemplo
  • Tal como com qualquer outra tecnologia, estabeleça com os seus filhos alguns limites – fale com eles sobre os canais que gostaria que vissem e a que horas e decida o que é adequado em relação à interacção com a TV (por exemplo, podem entrar em competições carregando no botão vermelho?)
  • Explique às crianças mais jovens, em particular, que algumas das coisas que vêem na TV são anúncios publicitários e não programas. Pode obter mais informações no nosso artigo sobre publicidade online e nos telemóveis
  • Lembre-se de que não está só a ver TV interactiva, a TV também o está a ver a si – explique aos seus filhos que os seus padrões de visionamento de programas estão a ser registados cada vez que utilizam o comando e que esses dados poderão ser utilizados para marketing
  • Se os seus filhos têm um telefone 3G phone e podem aceder à TV móvel, fale com eles sobre o custo do serviço. Leia o nosso artigo sobre custos do telemóvel para obter mais informações
  • Tire partido dos Controlos Parentais incorporados disponibilizados pelo seu operador de TV, internet ou redes móveis

Onde me posso dirigir para obter mais informação e apoio?

  • Pode ler informações sobre os serviços de TV interactiva nos sítios de várias emissoras, tais como a BBC e a Sky
  • O CBBC iPlayer, dirigido às crianças entre 6 e 12 anos, disponibiliza bloqueios parentais para evitar que os seus filhos vejam conteúdos impróprios
  • Vá ao sítio da Ofcom para mais informações sobre Controlos Parentais e TV interactiva
  • Para mais informações sobre a TV móvel, vá ao sítio do seu operador de redes móveis

Perguntas frequentes relacionadas com este artigo

Saiba mais sobre Controlos Parentais

Que idade têm os seus filhos?

O que precisa para começar

  • 5-7 anos

    A tecnologia faz parte da vida dos seus filhos antes de iniciarem o ensino primário. Provavelmente utilizam o computador, a internet e a televisão interactiva por divertimento, para ver programas no canal de televisão e no website CBeebies ou para a participar nas salas de conversação do "Club Penguin"... no entanto, necessitam ainda da orientação e supervisão de adultos.

  • 8-11 anos

    Se tiver filhos com 8 a 11 anos de idade, a sua casa está provavelmente repleta de tecnologia: a PlayStation, a Nintendo, o iPod… a lista continua. De facto, estudos mostram que crianças entre os 8 e os 11 anos de idade no Reino Unido têm em média quatro equipamentos no seu quarto.

    Esta idade é decisiva para os jovens adoptarem novas tecnologias e desenvolver as suas capacidades na área das tecnologias da informação, tanto em casa como na escola… e é também uma altura decisiva para você assumir o controlo quando eles começam a explorar o mundo digital, bem como o mundo real.

  • 12-14 anos

    Frequentam o ensino básico e estão a crescer rapidamente. É uma altura de mudança e o seu mundo digital pode parecer-lhes tão importante como o mundo real. Podem passar a noite no Bebo, no Facebook ou no MySpace, a ver vídeos no YouTube e a carregar os seus próprios vídeos para outros os verem; ou a pesquisar para os trabalhos de casa.

    Com certeza pretende estimular as suas capacidades em termos de tecnologia e socialização, portanto é útil perceber o que eles fazem com a tecnologia e envolver-se também com ela.

  • +15 anos

    Na adolescência, os seus filhos tendem a pensar que percebem muito de tecnologia e que são capazes de lidar com tudo aquilo com que se deparam no mundo digital. Provavelmente assiste com espanto à forma como intercalam a conversa com os amigos no Facebook , como actualizam o perfil no Twitter, como jogam com alguém do outro lado do mundo na consola ou como transferem músicas para o telemóvel.

    Tudo representa divertimento. Porém, à medida que ficam mais velhos, aquilo de que você necessita para lidar com o mundo digital dos seus filhos torna-se ainda mais desafiante. Em vez de os deixar, precisa, de facto, de continuar a comunicar com eles.

Teste os seus conhecimentos

O utilizador médio do Facebook tem 130 amigos no seu perfil

Faça o nosso teste para ficar a saber em que medida compreende as novas tecnologias. É rápido e fácil e irá ajudá-lo a decidir quais as partes do website que irá visitar.